quinta-feira, março 26, 2009

Tiros na 'mouche'

  • Comparativamente ao peso da economia, o buraco do BPN é quase cinco vezes maior que o causado pela fraude de Bernard Madoff.
  • Veja-se o que aconteceu com Bernard Madoff, responsável pela maior fraude financeira nos Estados Unidos, […] conhecida já os escândalos do BPN eram velhos de quatro meses: já se encontra detido e com sentença marcada para 16 de Junho.
  • [Por cá], perante a crescente complexidade da criminalidade económica, a Justiça tem primado pela lentidão na investigação e no julgamento dos seus responsáveis e os cidadãos e contribuintes […] não compreendem que cheguem os dedos de uma mão para contar os arguidos nos escândalos BCP, BPN e BPP.
  • Os ‘offshores’ não são paraísos fiscais, são o paraíso da especulação financeira, dos lucros fáceis e do dinheiro sujo do mundo do crime. Ali se tem limpado o dinheiro do narcotráfico, do comércio de armamento e do terrorismo internacional.
Acrescento apenas que, segundo a Transparency International, em 2004, Portugal já ocupava um modesto 27.º lugar no ranking da corrupção, mas de então até 2008, caiu para o 32.º. Nos mesmos anos, com um Presidente e uma Administração que não foram propriamente modelos de seriedade e transparência, os EUA aguentaram-se entre o 17.º e 18.º lugar daquele ranking.
Por aqui se vê, com a Justiça e os Governos que temos tido, o longo caminho que teremos de percorrer para, algum dia — talvez no dia de S. Nunca… —, nos equipararmos a uma Finlândia ou a uma Dinamarca!…


Sem comentários:

Publicar um comentário