terça-feira, março 06, 2007

Por cá, a culpa morre sempre solteira

Se a incompetência deu direito a condecoração, percebe-se perfeitamente que Cavaco se recuse agora a culpar quem quer que seja pelo indulto que indevidamente concedeu a um criminoso.
Além do mais, por cá, a culpa morreu sempre solteira.

Sem comentários:

Publicar um comentário