sábado, março 17, 2007

ONU, factor de injustiça!

Longe de velar pelo respeito do direito internacional e a consolidação da paz, as Nações Unidas tornaram-se factor de injustiça. Na verdade, as sanções impostas ao Iraque de Saddam Hussein provocaram um desastre humanitário, ao passo que, tratados como o de não-proliferação nuclear são utilizados para assegurar a dominação de uns e ameaçar outros. É tempo de mudar completamente de sistema.

Quem o diz sabe bem do que fala. Hans Christof von Sponeck foi secretário geral adjunto de Kofi Annan e acabaria por demitir-se, em 2000, em sinal de protesto contra as sanções que reduziram o povo iraquiano à miséria e à fome.

Sem comentários:

Publicar um comentário