quarta-feira, setembro 30, 2009

Não tenho culpa, não votei nele(s)

Os dirigentes do P"S", com Sócrates à cabeça, não são flores que se cheire e eu nunca lhes compraria um carro em segunda mão. E é para mim claro que, ainda que não tenham montado escutas em Belém, os senhores do Rato armaram uma ratoeira política a Cavaco.



Mas um Presidente da República que, em vez de confrontar  o Governo com os reais problemas do país, como lhe competiria, — 600 000 desempregados, 2 milhões de pobres, dívida pública de quase 100% do PIB, défice orçamental as galopar para mais de 6% —  nos distrai com minudências que deveria ter resolvido, de imediato, há um ano atrás, não tem condições para ser Chefe de Estado.
Mal vai um país que tem um Governo que não governa. Pior ainda, se tem um Chefe de Estado que não sabe sê-lo. Resta-me a consolação — fraca, bem sei — de não ter votado em nenhum deles.

Sem comentários:

Publicar um comentário