sexta-feira, janeiro 13, 2006

Socialismo e solidariedade

Para os pobres do seu país, que constituem a imensa maioria da população, este homem é um herói. Desde a sua primeira eleição, em 1998, gastou já milhões de dólares sem conta no desenvolvimento de programas de bem-estar social, levando hospitais e escolas aonde antes nada havia.
É socialista, afirma-se cristão e, para ele, a solidariedade não é uma palavra sem sentido. Apesar de Bush o considerar um "perigoso demagogo", não confunde o povo americano com o Presidente dos EUA e, por isso mesmo, está a fornecer petróleo para aquecimento durante este inverno, a milhares de famílias pobres do Estado de Massachusetts, a quase metade do preço de mercado!

2 comentários:

  1. Para os pobres do seu país e para os pobres de todo o mundo. Nomeadamente os dos EUA, claro.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. O que devia envergonhar muitos, que vão na canção do bandido presidente dos EUA.

    Um @bração do
    Zecatelhado

    ResponderEliminar