terça-feira, janeiro 10, 2006

Eu estive lá!

Eu estive lá! Porque acredito na Esquerda dos valores e sou um cidadão livre e independente!

Eu estive lá! E cantei a Utopia, porque acredito na “cidade sem muros nem ameias”, com “gente igual por dentro, gente igual por fora”.

Eu estive lá! E cantei a Chula da Liberdade, para Manuel Alegre, com as palavras que só ele poderia ter escrito:
"Eu sou livre como as aves
e passo a vida a cantar
coração que nasceu livre
não se pode acorrentar."

Sem comentários:

Publicar um comentário