segunda-feira, dezembro 14, 2009

79 milhões por um Orçamento

Habituado ao quero, posso e mando da maioria absoluta, Sócrates é definitivamente incapaz de dialogar, condição imprescindível para quem tem de governar em minoria.
Vai daí recorre ao truque da chantagem e queixa-se que Portugal é ingovernável se for aprovado um "Orçamento feito com base em coligações entre a extrema-esquerda e a direita".
Curiosamente, minutos depois do Ministro das Finanças ter afirmado, no seu discurso na Assembleia, que "o País não vai continuar a pagar os desvarios da Madeira", a proposta do PSD para aumentar em até 79 milhões de euros a capacidade de endividamento do arquipélago foi aprovada com a abstenção do partido de Sócrates.
A troco de quê, é o que já não faltará muito para sabermos. Será a aprovação do Orçamento?

Sem comentários:

Publicar um comentário