terça-feira, maio 08, 2012

Unidade da esquerda, precisa-se!

Mário Soares afirma que esta política de austeridade não faz qualquer sentido e quer que o PS de Seguro rompa com a troika. Mas a direcção do partido, como seria de esperar, não está para aí virada.
Louçã aplaude Soares e diz que ele está a dar razão ao Bloco. Já o PCP espera "mais do que palavras" e diz que os trabalhadores querem "ruptura".
Ora aí está! Talvez fosse boa altura para a Esquerda deixar de lado o sectarismo e por em prática a unidade. Na acção, pelo menos.

Sem comentários:

Publicar um comentário