domingo, março 18, 2012

Turismo cavaquista

Cavaco Silva aproveitou o fim de semana para fazer mais uma passeata pelo Portugal profundo. Paga por todos nós, obviamente, ao contrário da sua lamentável reeleição para a Presidência da República, que aconteceu com os votos de apenas 23 por cento dos eleitores (nunca será demais relembrá-lo!).


E podem crer que, agora que a popularidade de Cavaco nunca foi tão baixa, o "turismo cavaquista" vai continuar. E a hipocrisia, também. De quem, quando foi Primeiro-ministro, destruiu a agricultura e agravou a desertificação rural e vem agora defender o desenvolvimento e repovoamento agrário do interior. De quem fala de cuidados de saúde, de escolaridade, de emprego, de confiança, e nada tem feito para contrariar as políticas que têm desgraçado o país e minado a confiança dos portugueses.

***

O código de conduta e ética aprovado pelo Governo no passado dia 1 de Março deixou de se aplicar à Presidência da República. Ao ficar excluído deste código de conduta, o Presidente da República não fica, na prática, obrigado a declarar que prendas recebe.
Ainda bem… Assim já não teremos de aturar as pieguices de Cavaco a queixar-se de que as pensões que recebe não lhe chegam para pagar as despesas!…




Sem comentários:

Publicar um comentário