quinta-feira, maio 28, 2009

O partido camaleão

Este P"S" é um partido camaleão: Vital diz "sim", Sócrates diz "não".
Assim, de memória, três contradições entre as criaturas…
Primeiro, Vital declarou não apoiar a recandidatura de Barroso à presidência da Comissão Europeia, ao contrário de Sócrates que, desde a primeira hora, manifestou o apoio à continuação do mordomo da Cimeira da Guerra em Bruxelas. Porreiro, pá!
Depois, sobre o caso Lopes da Mota, o professor afirmou que, se estivesse no lugar do procurador, demitir-se-ia, enquanto a carneirada maioria "socialista" tudo tem feito para que Lopes da Mota nem sequer seja ouvido pela Assembleia da República e o Primeiro-ministro e o Ministro da Justiça pretenderam lavar as mãos (como se houvesse sabão que chegasse para tal), atirando a batata quente para o Procurador-Geral da República.
Votar no Partido de Sócrates é passar um cheque em branco. Ficou claro pouco tempo após a sua eleição. A candidatura de Vital veio apenas caricaturar uma realidade que, infelizmente, já conhecíamos: neste P"S", o que num dia é verdade no próximo pode ser mentira; basta apenas que o chefe queira.

2 comentários:

  1. A 23 de Maio de 1934, uma patrulha de agentes policiais conseguiu atrair Bonnie & Clyde para uma emboscada numa estrada poeirenta da Louisiana, onde foram assassinados a sangue-frio.

    Na América dos anos 30, da Grande Depressão e das Vinhas da Ira, Bonnie & Clyde, através dum conjunto de assaltos audaciosos a bancos, bombas de gasolina e lojas, conseguiram captar a imaginação do povo americano, tornando-se ícones duma contra-cultura de insubmissão e resistência.

    75 anos depois, o FBI divulga 1000 páginas sobre o mais famoso casal de gangsters. O mesmo FBI que só foi capaz de emboscar e assassinar Bonnie & Clyde, através da clássica delação de associados menores...

    ResponderEliminar
  2. Vital é a "mentira " da triste verdade que é este partido de "sucialistas"...Só não compreendo a "verdade" das sondagens!
    Abraço de lusibero

    ResponderEliminar