quarta-feira, março 17, 2010

PEC — Os factos e a propaganda

Graças ao PEC (para nós, Plano de Estagnação do Crescimento) Portugal é o país que mais trava o investimento até 2013. Em consequência, o número de desempregados continuará acima de meio milhão e a economia portuguesa registará o crescimento mais baixo da União Europeia (menos de 2 por cento).
Porém, o Ministro da Economia, que há uma semana atrás propagandeava que o "PEC é um estímulo ao serviço do crescimento", continua a bater na mesma tecla afirmando que o "PEC não é só contenção, é também crescimento". Como se uma mentira mil vezes repetida passasse a ser verdade. Joseph Goebbels também assim pensava e não conseguiu levar a água ao seu moinho.

Sem comentários:

Publicar um comentário