sexta-feira, setembro 06, 2013

A bóia

Em 2010 a bóia flutuava à tona da água. No ano seguinte afundou um metro. Em 2012 desceu mais dois metros. Em 2013 afundará mais quatro, atingindo a profundidade de sete metros. Já em 2014 talvez suba uns escassos 40 centímetros, o que significa que, continuando pelo mesmo caminho, só lá para 2031 voltará à superfície.

A bóia representa a economia portuguesa. Cada metro equivale a um ponto percentual. O caminho conhecemo-lo nós de olhos fechados: cortes em salários, pensões, subsídios, aumento de impostos, destruição do mercado interno, queda do investimento, desemprego, recessão económica.

A apresentação foi de Francisco Louçã, ontem à noite, na SIC N. Clara… como a água.

Sem comentários:

Publicar um comentário