terça-feira, janeiro 04, 2011

O "Dia da Raça"

Cavaco Silva insiste em distanciar-se da classe política mas é um dos políticos que durante mais tempo tem exercido o poder, graças ao voto dos eleitores e ao regime democrático. Porém, isso não impede que o actual Presidente da República se refira ao Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas como Dia da Raça, designação que era dada ao dia 10 de Junho pelo regime ditatorial do Estado Novo.
Mais do que gaffes, são tiques de alguém que parece não ter assimilado completamente os valores da democracia. É grave, não há dúvida. Mas mais grave é o povo ter eleito e preparar-se para eleger alguém assim para a Presidência da República de um país que se diz democrático.

Sem comentários:

Publicar um comentário