quinta-feira, junho 17, 2010

O país dos três "efes"

A OCDE confirmou hoje que o desemprego, em Portugal, atingiu o nível recorde de 10,8%, sendo agora o nosso país o que tem a quarta taxa de desemprego mais elevada entre os 31 membros da organização.
Por outro lado, após uma semana fora do 'clube da bancarrota', regressámos desta vez ao 8º lugar dos países com maior risco de incumprimento da dívida soberana, o que, aliás, já aqui tinha escrito que não me admiraria que voltasse rapidamente a acontecer.
Mas, tudo isto, que não é pouco, não parece ser motivo de preocupação para a generalidade dos portugueses, mais preocupados com a selecção nacional de futebol, na véspera do seu primeiro jogo do Mundial. A inversão de valores é de tal ordem que o assunto assume foros de tema no programa Prós e Contras, na televisão pública. Como se do resultado de um simples jogo de futebol ou mesmo da classificação da selecção no Mundial dependesse a solução da crise e o futuro do país! Não há dúvida: voltámos a ser o país dos três 'efes' — Fátima, Fado e Futebol — se alguma vez deixámos de sê-lo!

Sem comentários:

Publicar um comentário