quarta-feira, maio 19, 2010

Gente sem vergonha!

Jorge Coelho, antigo ministro e dirigente 'socialista', que uma vez advertiu que 'quem se mete com o PS, leva' — ele lá sabia por quê —, afirma agora 'Não tenho mais nada a fazer na política'. E eu acredito piamente que não. Quem, em 2009, como administrador executivo do Grupo Mota-Engil, embolsou a módica quantia de 702 758 euros, não estará obviamente interessado em receber dez vezes menos para 'aturar' os 'chatos' dos eleitores e da oposição. De resto, como se vê, para esta 'gente', a política não é um serviço público, como gostam de apregoar, mas um trampolim para mais altos e rendosos voos.
Se ainda lhes restasse um pingo de vergonha e de escrúpulos, ao menos, ficavam calados. Mas, nem isso.

Sem comentários:

Publicar um comentário