segunda-feira, abril 08, 2013

Governo neo-fascista

Um governo que é incapaz de assumir a responsabilidade do estrondoso falhanço e das nefastas consequências da sua desgraçada política; um governo que, em vez disso, se desculpabiliza com a Lei e a Constituição, as competentes e independentes decisões dos Tribunais, as legítimas iniciativas da oposição, a justa acção reivindicativa das organizações sindicais; um governo que, não satisfeito com o seu intolerável e sistemático atropelo às mais elementares regras da democracia, decide manter-se em funções, prosseguir a sua política de desastre nacional e chantagear a esmagadora maioria da população, declarando-lhe uma autêntica guerra social; um governo assim, se governo lhe podemos chamar, não é legítimo nem democrático.


Apesar de ter sido eleito (como Hitler também foi), é um governo neo-fascista. E o povo tem toda a legitimidade para exigir a sua imediata demissão!

Sem comentários:

Publicar um comentário