sexta-feira, março 11, 2011

A descida aos infernos

O Governo, que se comporta como uma delegação de Angela Merkel, à revelia da Assembleia da República, dos parceiros sociais e dos portugueses (que seria suposto representar e defender), anunciou hoje mais do mesmo: um "novo" pacote de medidas de austeridade que, "corajosamente", vai fustigar as vítimas do costume (em especial os pensionistas e reformados!), mas, como é habitual, não toca nos interesses dos grandes grupos económico-financeiros, nas mais-valias dos especuladores bolsistas, nos ordenados e prémios milionários de administradores, na evasão fiscal.
Se alguém ingenuamente pensava que já tínhamos batido no fundo, enganou-se redondamente. Com esta política cega e suicidária, o Governo do P"S", seguramente com o apoio da Direita, "vai afundar o país ainda mais". Para a maioria dos portugueses, vai ser uma "descida aos infernos", sem regresso à vista.

Sem comentários:

Publicar um comentário