sexta-feira, fevereiro 12, 2010

Chegou o momento

"Na altura em que fui Provedor do Público, escrevi uma crónica na qual referia que chegaria um momento de desobediência civil por parte dos jornalistas. Chegou esse momento. As escutas devem ser publicadas, os jornalistas devem esforçar-se por publicá-las e não se deixar intimidar."
"O que está em causa é matéria de interesse público e o interesse público sobrepõe-se aos direitos privados dos cidadãos." (Joaquim Vieira, presidente do Observatório de Imprensa, em declarações ao "Jornal de Negócios")

Absolutamente de acordo.
Se os órgãos competentes tudo fazem para que a verdade não seja apurada, o interesse público e o direito à informação reclamam a divulgação dos factos e
legitimam a chamada violação do segredo de justiça. Afinal é a democracia que está em causa.

Maré Alta, Três Cantos (2009), José Mário Branco, Sérgio Godinho e Fausto Bordalo Dias

1 comentário:

  1. Onde pára esse Joaquim Vieira??
    - foi dentro???

    ResponderEliminar