terça-feira, agosto 28, 2012

Devíamos fazer alguma coisa

Os homens do fraque estão novamente por cá para avaliarem a linda merda que a receita da troika causou: a continuada recessão da economia, a falência generalizada de empresas, a incessante subida do desemprego, o empobrecimento da população e, apesar de e por causa de todo este sacrifício, o agravamento da dívida externa e um défice orçamental bem acima do limite que impôs, os quais era suposto serem reduzidos! Como se isso fosse possível com esta política (ou antes, este saque escandaloso!).



Ora, para avaliar este crime estamos cá nós, que há mais de um ano, à conta dele, andamos a ser sangrados como se porcos fôssemos!…Estamos pra ver qual será a cosmética que vão utilizar para darem a ideia que solucionam o problema — alargar o prazo de cumprimento do acordo? aceitar que o défice fique acima do que foi exigido? aumentar o montante do resgate? ou ainda mais austeridade? — porque verdadeira solução, que passaria pela restruturação da dívida (que não fizemos e foi agravada pelos mercados e pelos especuladores) e pelo investimento produtivo e a dinamização da economia, com esta súcia, bem podemos esperar sentados. Ou, pensando melhor, devíamos fazer alguma coisa. Mas alguma coisa mesmo. 

Sem comentários:

Publicar um comentário