quarta-feira, junho 19, 2013

Haja decência!



Cavaco tinha vinte dias para decidir mas, como "nunca se engana e raramente tem dúvidas", só precisou de vinte e quatro horas para promulgar a vingança do governo: apesar de haver dinheiro, subsídio de férias só para o Natal! 
E para desviar as atenções, voltou à carga com a agricultura. Ele, que deu cabo dela.
Haja decência!

Sem comentários:

Publicar um comentário