quinta-feira, outubro 06, 2011

Austeridade (in)digna

"A crise que atravessamos é uma oportunidade para que os portugueses abandonem hábitos instalados de despesa supérflua, para que redescubram o valor republicano da austeridade digna, para que cultivem estilos de vida baseados na poupança[…]", afirmou o Presidente da República na Cerimónia de Comemoração dos 101 anos da Proclamação da República.
Cavaco, cuja Presidência esbanja quase três vezes mais que a Casa Real de Espanha, no seu 'melhor', inventando jogos de palavras e 'novos valores republicanos' para defender o indefensável: uma política que nos esfola vivos e saqueia o pouco que resta deste desgraçado país!


Sem comentários:

Publicar um comentário